Quais características são necessárias para o profissional freelancer de eventos?

  • 8
  • dezembro 10, 2015
Quais as caracteristicas procuradas em um profissional de eventos

Está ficando cada vez mais comum a contratação de profissionais freelancers para inúmeras áreas, tornando o freelancer uma atividade sempre mais solicitada no mercado de trabalho e provocando uma grande mudança na forma como as pessoas prestam serviços e são contratadas para algum trabalho.

A organização de eventos talvez tenha sido uma das primeiras áreas a utilizar os serviços de freelancers, buscando recepcionistas, animadores, fotógrafos, garçons, pessoal de cozinha ou profissionais de comunicação, entre outros.

A grande procura para freelancers de eventos também faz com que haja uma alta demanda, trazendo mais e mais profissionais empenhados em buscar trabalho em feiras, congressos, exposições e seminários, quando há grande concentração de pessoas que precisam ser atendidas em tudo o que precisarem.

Exatamente nesse processo é que deve haver um maior rigor: a seleção de freelancers para eventos exige do profissional que os escolhe muito discernimento e conhecimento do evento para o qual está selecionando as pessoas que darão o suporte necessário ao sucesso do evento.

Recepção, um trabalho para freelancers

O mercado de eventos está cada vez mais intenso, com realização de feiras, congressos, exposições e isso vem ocorrendo notadamente em virtude da situação econômica do Brasil. Em época de crise, todas as empresas e todos os setores se movimentam em busca de novos negócios e novos clientes, buscando atrair a atenção de empresas nacionais e internacionais.

Em toda e qualquer campanha, os organizadores buscam promotores com postura e atitude, com boa aparência e excelente capacidade de comunicação, uma vez que a perfeita interação entre os integrantes da equipe do evento e o público, buscando o sucesso da realização.

Uma das funções mais comuns nos eventos é a recepção, para a qual é buscado um profissional com perfil bem definido, já que sua função não é apenas recepcionar as pessoas convidadas, mas também prestar todos as informações para quem está chegando, além de preenchimento de cadastros e orientação sobre localizações diversas no evento.

O profissional para trabalhar na recepção deve ser, geralmente, do sexo feminino – embora não seja imprescindível – com excelente educação, ótima postura e muita facilidade do trato com o público. Em eventos internacionais é essencial que tenham conhecimento de outros idiomas, principalmente o inglês. Além disso, o profissional recepcionista deve conhecer algo sobre costumes e cultura dos países que estão participando do evento para não ocorrer qualquer gafe.

Garçom, função em que o freelancer é essencial

Em praticamente todos os eventos a necessidade do garçom está presente. Servir drinks, coquetéis, quitutes, distraindo os convidados e tornando o encontro mais agradável. Na função de garçom, em grande parte dos casos, deve-se procurar um profissional do sexo masculino, que tenha boa postura, discrição extremada e educação para o atendimento dos convidados, mantendo-se sempre atento à situação e às pessoas e não deixando faltar o atendimento.

Para eventos internacionais, o garçom também precisa ter um mínimo de conhecimento de idiomas, não sendo no entanto obrigatório, uma vez que sua função é prestar atendimento e não necessariamente conversar com os convidados.

Atendimento em estandes

Nas feiras e exposições, as empresas participantes precisam de profissionais específicos para suas pretensões. Os profissionais precisam, além da simpatia, boa aparência, trato com o público, também ter conhecimento sobre o assunto que precisam divulgar.

Nesse caso, a contratação deve ser antecipada, criando condições de treinamento para quem estará atendendo o público, dando o tempo necessário para que os freelancers possam responder a todas as questões solicitadas, principalmente questões técnicas, quando se trata de um novo produto, além de saber como é a empresa, sua missão e valores, mercado onde atua, países com que negocia, etc.

Acima de tudo isso, o freelancer que trabalhar no estande de uma feira ou exposição precisa ser proativo, mantendo o local sempre impecável: é o estande que está representando a empresa e aquela imagem deve ser a melhor possível. Ali vão se fechar grandes negócios e isso deve ser considerado como ponto fundamental.

Panfletagem para freelancers: muita disposição física

A panfletagem é uma atividade que tanto pode ocorrer para clientes potenciais, na rua ou em shoppings, como em eventos (feiras, exposições, etc.), onde deve ser feita a divulgação da empresa, da marca ou de produtos.

Também nesse trabalho é exigido que o freelancer tenha boa postura, muita educação e facilidade para manter contato com o público (muitos, na rua, não enxergam com bons olhos a panfletagem). Uma das características necessárias para o freelancer trabalhar em panfletagem é boa disposição física e resistência, já que o trabalho exige muito tempo em pé e, em alguns casos, necessidade de se locomover durante o tempo todo.

Congressos, mais exigente com o freelancer

Promotores em estandes, recepcionistas para o público, garçons para atendimento em palestras ou encontros, além de outros profissionais freelancers que se destaquem em meio ao público: os congressos são eventos dos mais importantes para as empresas.

O perfil para um freelancer em qualquer congresso é dos mais exigentes, buscando pessoas específicas, dentro de um padrão definido para que os convidados sintam-se à vontade e tenham uma reação positiva com o que está ocorrendo à sua volta.

O freelancer para congressos deve chamar a atenção desde seu porte físico, com uma boa altura e postura firme para chamar a atenção dos convidados.

Não basta, no entanto, apenas isso: o profissionalismo é a característica mais exigida do freelancer num congresso. Assim, uma aproximação com o público deve ser realizada apenas com relação ao que está promovendo, sem maior intimidade.

Freelancer, uma profissão exigente sob todos os aspectos

O freelancer, como podemos ver, não é apenas uma pessoa que busca uma renda extra para sobreviver. Deve ser, antes de tudo, um profissional empenhado em sua atividade, buscando sempre se aperfeiçoar naquilo que faz e exigindo mais de si próprio do que qualquer outro profissional que trabalhe com carteira assinada, recebendo religiosamente o seu salário ao final de cada mês.

A exigência não se faz somente com relação à simpatia, ao bom trato com o público e à aparência, mas deve se refletir principalmente em sua personalidade, em sua busca de aperfeiçoamento e no constante aprendizado.

Deixar Resposta